Dianópolis, TO - 19 Outubro, 2017

Ação conjunta da Polícia Civil, Militar e Guarda Metropolitana resulta na prisão de autores de roubo à mão armada em Palmas

Uma ação conjunta realizada por policiais civis, militares e guardas metropolitanos, na noite da última quarta-feira, 9, em Palmas, resultou na prisão em flagrante de Fernando Neto Pereira Pinto, 39 anos de idade e Karlan, Rodrigues dos Santos, 32 anos. Eles são suspeitos de cometer um assalto à mão armada, conhecido como “saidinha de banco”, nas imediações de uma agência bancária, no Jardim Aureny III e foram presos, quando se encontravam, em Taquaralto.

 

Conforme o delegado Rodrigo Ferraz Telles, responsável pelo caso, por volta das 13hs, a vítima sacou a quantia de R$ 5 mil reais, da agência da Caixa Econômica de Taquaralto e, em seguida, deslocou-se até uma agência do Banco do Brasil, onde pretendia pagar alguns boletos.

 

Após estacionar seu veículo, uma motocicleta Yamaha, modelo Fazer, ocupada por dois indivíduos, encostou ao lado do carro, momento em que o garupa sacou um revólver calibre 38 e, após ameaçar o homem, que estava com sua filha, subtraiu todo o dinheiro que ele havia sacado minutos antes.  

 

De imediato, foram iniciadas as buscas aos autores, sendo que a motocicleta, bem como dois capacetes, foram encontrados abandonados no Jardim Aureny IV. Após checagem das câmaras de segurança, policiais militares conseguiram visualizar os dois indivíduos, bem como identificaram um veículo Fiat Pálio, de cor vermelha, que foi usado para dar cobertura ao assalto.

 

Pouco tempo depois, uma equipe da Guarda Metropolitana localizou o referido veículo, o qual estava estacionado bem próximo à 5ª Delegacia, em Taquaralto.  Desta maneira, policiais civis e militares montaram campana, próximo ao veículo, quando, minutos depois, notaram a aproximação de um homem, o qual deixou uma sacola grande no interior do carro e saiu, em direção à Avenida Tocantins.

Nesse momento, os policiais tentaram interceptar o suspeito, o qual correu por mais de 100 metros, até finalmente ser imobilizado e conduzido a 5ª DPC, onde foi identificado como sendo Fernando Neto Pereira Pinto.

 

Fernando confessou ser um dos autores do crime e apontou as características do segundo suspeito. De posse das informações, os policiais civis voltaram novamente para as proximidades de carro, quando avistaram mais um homem indo em direção ao veículo. De imediato, o suspeito, que se apresentou com o nome de Otávio, foi abordado e preso, sendo também encaminhado à Delegacia, onde confessou ser um dos autores do roubo.

 

Após levantamentos nos sistemas de dados da Polícia Civil, os agentes descobriram que, verdade, Otávio se chama Karlan Rodrigues dos Santos e também era foragido da Justiça de Goiás, onde possuía mandado de prisão em aberto. Seguindo as indicações de Karlan, os policiais civis foram até uma residência, localizada no Setor Morada do Sol, onde encontraram e apreenderam, um revólver calibre 38, municiado com seis cartuchos intactos, o qual foi  a arma utilizada no crime.  

 

Ainda durante a ação, os policiais apreenderam em poder dos suspeitos vários objetos adquiridos com o dinheiro roubado, o veículo Pálio, a motocicleta Fazer, usados no crime, bem como a quantia de R$ 1.781 reais, em espécie.

 

Karlan e Fernando foram autuados em flagrante delito por roubo, com emprego de arma de fogo, sendo que, na oportunidade, também foi cumprido o mandado de prisão em desfavor de Karlan. Após os procedimentos cabíveis, ambos os homens foram encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. As investigações terão continuidade pela equipe de policiais da 4ª Delegacia de Palmas, no sentido de identificar o terceiro envolvido no crime.

 

 

VEJA TAMBÉM NO PORTAL DO SUDESTE