Sábado, 23 Jun 2018 -

Rotatória modelo da Feira da 304 Sul dará maior fluidez no trânsito da Capital

 

O projeto piloto da rotatória modelo é para garantir maior fluidez e redução no número de acidentes no trânsito, além de garantir maior respeito à faixa da direita, que é exclusiva para quem entra na rotatória e pega a primeira saída à direita. A rotatória modelo escolhida foi a da Feira da 304 Sul, que, segundo a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), é a que hoje apresenta maior conflito no trânsito e fluxo de veículos.

 

“O trecho está em obras desde o dia 07 de março e a previsão é que a obra seja concluída até o final do mês. É necessário que os motoristas que transitam por lá tenham maior atenção,” é o que alerta a arquiteta urbanística técnica da Sesmu, Joseísa Furtado. A obra consiste em ampliar o raio da rotatória de nove para 30 metros. Para fazer essa abertura do raio, os postes de transmissão de energia tiveram que ser realocados. 

 

A arquiteta explica que para essa realocação dos postes e das linhas de transmissão aérea de telefonia e energia foi necessário três meses de estudo por parte das empresas responsáveis pela transmissão. Ainda segundo ela, para que seja garantido o uso contínuo da faixa da direita, tachões serão instalados ao logo da faixa e placas de sinalização vertical lembrarão aos motoristas que a faixa é exclusiva e não precisa obedecer a preferencial de quem já estar dentro da rotatória. 

 

Com essa nova abertura, os ônibus conseguirão dar continuidade aos seus trajetos dentro da faixa da direita, sem precisar queimar outras faixas como é comum acontecer em outras rotatórias. “Precisamos dar maior fluidez no trânsito e diminuir os conflitos, principalmente do transporte coletivo, que tem dificuldade de continuar na faixa da direita dentro da rotatória. Essa abertura também dará maior fluidez, porque o condutor seguirá em sua faixa e não precisará sair de três faixas e cair para duas, o que gera acidentes”, destaca Joseísa.

 

Segundo a Prefeitura de Palmas, a rotatória da Feira da 304 Sul, escolhida para esse projeto piloto, passará por estudos e avaliações para comprovar a efetividade do projeto. A Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos faz a execução da obra, que foi planejada pela Sesmu em parceria com o Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Palmas (Impup), que fez pequenas alterações no projeto inicial, por meio dos seus arquitetos, a fim de garantir maior mobilidade urbana no local.