Terça, 19 Jun 2018 -

Prefeita Cinthia Ribeiro entrega estação do Coleta Palmas à comunidade do Taquari

 

A prefeita Cinthia Ribeiro e a presidente da Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA), Luciana Cerqueira, entregaram na manhã desta quinta-feira, 17, a estação do Programa Coleta Palmas à comunidade do Jardim Taquari. O equipamento já está padronizado no modelo definitivo, preparado para recebimento de materiais recicláveis, sendo dois destinados ao recolhimento de papel, um para papelão, um para plástico e um para alumínio. O programa é desenvolvido pela FMA, em parceria com as Secretarias Municipais da Educação, da Saúde e da Infraestrutura e Serviços Públicos.

 

O evento coincide com a comemoração do Dia Mundial da Reciclagem e aproveitou a entrega da estação à comunidade do Taquari para fomentar o debate acerca do tratamento dispensado a materiais que são destinados ao aterro sanitário, embora tenham significativo potencial de reciclagem e geração de renda.

Os alunos da Escola Municipal Lúcia Sales, localizada na comunidade, emocionaram o público com uma apresentação temática que buscou chamar a atenção para a preservação da natureza, inclusive com a separação dos resíduos recicláveis. Já os alunos da Escola Almirante Tamandaré apresentaram o resultado do projeto Tamandalata, que reaproveita materiais descartados para uso como instrumentos de percussão.

A presidente Luciana Cerqueira, responsável pela gestão do programa Coleta Palmas, salientou a importância das cooperativas e associações que trabalham com coleta e reciclagem e agradeceu a representante da Associação de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis da Região Centro Norte de Palmas (Ascampa), Terezinha de Jesus, presente ao evento. “Todo o trabalho de coleta conta com esta parceria. É importante que a população tome consciência de que separar o lixo traz benefícios ao meio ambiente e também gera renda para estes trabalhadores, que prestam um importante serviço para a comunidade”, disse.

A prefeita Cinthia Ribeiro reconheceu a importância do envolvimento de jovens e crianças no processo de sensibilização da comunidade. “Este programa funciona com base na participação popular, que deve estar ciente da importância comunitária deste gesto simples, que é separar o lixo. Esperamos que todos aqui presentes, sobretudo os pequenos, se tornem multiplicadores desta proposta pelo futuro”, finalizou a prefeita.