Dianópolis, TO - 14 Dezembro, 2017

Detran encerra Programa Trânsito Jovem nos municípios de Combinado e Augustinópolis

 

O Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO) através da Gerência de Educação para o Trânsito encerra o Programa Trânsito Jovem nos municípios de Combinado na próxima quarta-feira, 1º de novembro e em Augustinópolis, no extremo Norte do Estado, no dia 4. Mais de três mil futuros condutores, do 6º ao 9º ano do ensino médio, já foram formados pelo Programa, em todo o Estado. O órgão está levando ações de conscientização sobre um trânsito seguro a alunos de escolas estaduais e municipais do Tocantins. Mais de dez mil Manuais Escolares de Trânsito foram distribuídos nas unidades de ensino.

 

O livro trata de pedestre, condutor, direção defensiva, infrações e penalidades, convívio social e meio ambiente, primeiros socorros, noções de veículos e sinalização. É o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) resumido de forma didática. As ações contam também com o teatro de fantoches, onde os personagens Norminha e Duda transmitem, de forma lúdica, dicas de segurança no trânsito.

 

Em vigência desde 2016, a iniciativa do Detran envolve as 29 Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), e já capacitou 815 alunos em Miranorte, 435 em Augustinópolis, 430 em Xambioá, 340 em Combinado, 223 em Paraíso, e 185 em Miracema. Somente em Palmas, onde o programa ainda está em andamento, 700 alunos estão participando. Nos municípios de Araguatins, Combinado e Xambioá o projeto continua a ser aplicado. Os alunos da zona rural de Xambioá também foram contemplados.

 

O Detran em parceria com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) está permitindo que o Programa Trânsito Jovem seja ampliado para outros municípios os quais serão multiplicadores, como Formoso do Araguaia, Lagoa de Confusão, Sítio Novo, Tocantinópolis, Colméia, Figueirópolis, Colinas, Alvorada e Aliança do Tocantins.

 

O conteúdo do livro é aplicado em sala de aula para todos os alunos, e é integrado às demais disciplinas. A equipe de pedagogos do Detran discute, previamente, com o corpo docente da escola onde o programa vai ser aplicado, e sobre dias e horários de aulas, para que não haja interferência no conteúdo já previamente estabelecido.

 

O presidente do Detran, coronel Eudilon Donizete destaca que o programa tem o propósito de formar condutores conscientes para um trânsito mais respeitoso, trazendo assim a preservação de vidas. “O Manual Escolar de Trânsito é uma parceria com o Ministério da Cultura, através de um projeto produzido pelo Detran do Tocantins. O público jovem foi escolhido, porque são as maiores vítimas de acidentes de trânsito, daí a importância de se trabalhar a conscientização a partir da formação da mente de cada um”, disse.

 

Os mais de 10 mil manuais foram distribuídos em Pedro Afonso, 220; 350 em Combinado; 300 em Araguaçú; 250 em Dianópolis; 1000 em Palmas; 650 em Xambioá; 1000 em Porto Nacional; 800 em Miracema; 600 em Augustinópolis; 650 em Araguatins; 300 em Natividade; 650 em Guaraí; 300 em Paraíso do Tocantins, 1100 em Miranorte; 500 em Arraias; 1500 em Araguaína; 800 em Gurupi; 600 em Taguatinga; e 250 em Lagoa da Confusão. 

 

 

VEJA TAMBÉM NO PORTAL DO SUDESTE