Dianópolis, TO - 14 Dezembro, 2017

Oficina de Plano Municipal de Saneamento Básico chega no município de Combinado

 

A terceira oficina para a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico,  promovida pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh),  está sendo realizada nesta quinta-feira, 26, na Câmara Municipal. O último workshop será amanhã, 27, na cidade de Taguatinga, o local será também na Câmara Municipal a partir das 8 horas.

 

Até o momento, os técnicos da Semarh já estiveram em Paranã e Arraias. Conforme o planejamento serão desenvolvidos quatros planos municipais de Saneamento Básico, a ação conta com o apoio do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS).

 

O diretor de Políticas Ambientais, Adão Maia, destacou o comparecimento e a participação da sociedade. “É o momento que estamos oportunizando para a população opinar e discutir sobre as propostas e metas apresentadas para os componentes: água, esgoto, lixo e drenagem do município”, afirmou.

 

A professora de Biologia do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), do campus de Arraias, Maria Luiza Konrad, participou do grupo sobre Drenagem e Manejo das águas pluviais urbanas – limpeza urbana e Manejo dos Resíduos Sólidos. “A dinâmica foi importante, pois a discussão ocorreu de forma eficaz e clara. Abordamos sobre segurança hídrica, mata ciliar, desmatamento e outros pontos inerentes”, afirmou. Maria Luiza também destacou que todos os participantes apresentaram problemas e apontaram soluções.

 

Vale ressaltar que a implantação do Plano da Bacia Hidrográfica do rio Palma trabalha com  linhas de ações e intervenções voltadas ao desenvolvimento setorial sustentável com destaque para ações específicas. Entre elas: Complementação dos Sistemas de Abastecimento Público de Água; Implantação de Sistemas de Coleta e Tratamento de Esgotamento Sanitário Urbano; Coleta e Destinação Final dos Resíduos Sólidos Urbanos e Implantação de Sistemas de Drenagem Urbana.

 

Com as consultas públicas a equipe técnica tem o objetivo de trabalhar estrategicamente a segurança hídrica, prevenção de doenças, redução das desigualdades sociais, preservação do meio ambiente e o desenvolvimento econômico dos municípios integrantes dessa Bacia Hidrográfica.

 

 

VEJA TAMBÉM NO PORTAL DO SUDESTE