Segunda, 26 Fev 2018 -
FacebookTwitter

Polícia Civil deflagra operação “PC 27” e cumpre dezenas de mandados de prisão em todo o Tocantins

 

A Polícia Civil do Tocantins realiza, desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 14, em todo o estado, a operação “PC 27”, que tem por objetivo dar cumprimento a dezenas de mandados de prisão contra suspeitos pela prática de diferentes tipos de crime.

 

A operação “PC 27” é uma iniciativa do Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC), e foi deflagrada, simultaneamente, em todo território nacional objetivando dar cumprimento a vários mandados de prisão em desfavor de suspeitos de praticar delitos, bem como dar cumprimento a mandados de busca e apreensão em locais suspeitos, já previamente mapeados pela Polícia Civil.

 

No Tocantins, a operação mobilizou aproximadamente 400 Policiais Civis dentre Delegados, Escrivães, Agentes de Polícia Civil de todas as 13 Delegacias Regionais do Estado, bem como da Capital. Em Palmas e no interior do Estado, a Polícia Civil deu cumprimento a 27 mandados de prisão preventiva e provisória, os quais resultaram na prisão de 27 pessoas. Outros 23 indivíduos foram presos em flagrante, totalizando 50 pessoas presas.

 

Durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão, também no interior do estado, a Polícia Civil apreendeu cerca de 2kg de drogas, entre maconha e crack, retirou de circulação, duas armas de fogo, bem como, apreendeu animais silvestres já atidos. Ainda no interior do estado, quatro adolescentes foram apreendidos, mediante cumprimento de mandados de apreensão.  

 

Em Palmas, nove pessoas foram presas, por meio de cumprimento de mandados de prisão preventiva, em aberto e quatro foram capturados, através do cumprimento de mandados de prisão temporária.

 

Para o Diretor de Polícia do Interior, delegado Márcio Girotto Vilela, a operação “PC 27” deflagrada pela Polícia Civil, nesta quinta-feira, no estado do Tocantins, representa mais segurança, paz e tranqüilidade a população.

“A operação PC 27, alcançou resultados excelentes, no Estado do Tocantins, pois conseguimos prender mais de 50 pessoas suspeitas pela prática de ilícitos, apreendemos drogas e armas de fogo, bem como adolescentes infratores. Portanto, As ações policiais desencadeadas tiveram um efeito muito positivo no combate à criminalidade, especialmente nessa época do ano em que à prática de ilícitos tende a aumentar”, pontuou.

 

A operação “PC 27” terá segue em andamento até a meia-noite desta quinta-feira. Para o delegado-Geral Adjunto da Polícia Civil, Roger Knewitz, os resultados obtidos até o momento pela referida operação são muitos satisfatórios, uma vez que várias pessoas suspeitas pela prática de crimes diversos foram tiradas de circulação em Palmas e em todas as regiões do Estado.

 

O Tocantins foi parceiro, juntamente com os demais estados da federação, na deflagração da operação “PC 27”, sendo que um grande efetivo de policiais civis foram mobilizados durante a ação que atingiu plenamente os objetivos pré-estabelecidos, uma vez que cerca de 50 pessoas foram presas, drogas e armas apreendidas”, pontuou.

O delegado-geral também falou da importância da realização de operações como a PC 27, que buscam única e exclusivamente combater o crime e trazer mais segurança à população. “Além das prisões e apreensões realizadas, o aspecto mais importante a ressaltar foi à integração de policiais civis de todos os cantos do estado, que se uniram com o objetivo de transmitir mais segurança à população que é a maior beneficiada com a atuação da Polícia Civil, em todo o Estado”, ressaltou o delegado-geral.