Terça, 19 Jun 2018 -

Quadra poliesportiva inaugurada em Porto Nacional beneficia estudantes e comunidade

 

“Desde a minha infância esse é o lugar onde sempre pratiquei esportes. Depois de tantos anos, poder jogar nessa quadra nova e, agora, coberta, é uma alegria muito grande”. Foi com essas palavras que o estudante Gabriel Andrade Cortes externou a satisfação pela inauguração da quadra poliesportiva da Escola Estadual Professora Carmênia Matos Maia, realizada nesta segunda-feira, 21, em Porto Nacional.

 

A nova estrutura recebeu investimentos da ordem de R$ 416 mil e foi construída com cobertura para oferecer condições favoráveis ao desenvolvimento das atividades esportivas e da melhoria da aprendizagem. Segundo a diretora da escola, Elza Maria de Azevedo, a quadra será utilizada também pela comunidade do entorno da unidade escolar. “Essa construção é algo muito significativo para a população da região. São pessoas que gostam muito da prática esportiva e que poderão utilizar o espaço da quadra coberta”, relatou.

Antes de dar o pontapé inicial no jogo de estreia da nova quadra, a secretária de Estado da Educação, juventude e Esportes, Adriana Aguiar, deixou uma mensagem de incentivo para os alunos. “Para que surjam grandes ídolos do esporte, não basta apenas ter o talento. É preciso de estrutura, apoio, investimento. E é isso que está acontecendo aqui hoje com a quadra nessa escola em prol do sonho dos nossos jovens. Sei que daqui já saíram muitos bons atletas. Acreditem no potencial de vocês e busquem alcançar seus objetivos”, enfatizou.

O diretor regional de educação de Porto, Antonio Carlos Mendes dos Santos, ressaltou a importância da obra. “É com sentimento de professor que nos alegramos muito em inaugurar essa quadra. Esse é um espaço ideal para trabalharmos o esporte em prol de uma educação de qualidade”, disse.

Formando campeões

A escola que atende 385 alunos dos ensinos fundamental e médio é reconhecida por incentivar a prática desportiva entre os estudantes. O resultado do empenho da equipe tem sido recompensado com títulos e medalhas em diversas modalidades e competições municipais, estaduais e nacionais.

Um dos entusiastas dos jovens atletas na região onde a escola está localizada é o professor de educação física, Alberto Júnior. Carinhosamente chamado pelos alunos como “professor Bil”, ele relata que a nova quadra era uma demanda da comunidade. “Há 10 anos lutamos por essa quadra e até então nada era feito para melhorar. Hoje estamos muito felizes sendo contemplados com essa quadra totalmente nova e adequada”, contou emocionado.

Quem também vai usufruir bastante da nova estrutura é a professora Adriene Batista, servidora da escola há duas décadas, sendo 10 anos dedicados exclusivamente para a educação especial. “Mesmo com a estrutura muito precária, a quadra era usada para fazermos os treinamentos. Agora, certamente, a preparação será mais proveitosa”, ressaltou.

Com o lema “Inclusão além dos muros”, a escola alia o atendimento aos alunos da educação especial na sala de recursos, com os esportes. Algumas das conquistas foram alcançadas pelo aluno Kaique Alves de Araújo. Ele revelou já ter conquistado 15 medalhas no atletismo, todas de ouro, em competições esportivas como as Paralimpíadas escolares nacionais e os Jogos Estudantis Paradesportivos do Tocantins (Parajets). “Agora vou treinar na quadra nova para as paralimpíadas em São Paulo e vou ganhar mais uma medalha de ouro para a minha coleção”, contou

Em 2016, a equipe de badminton da escola foi campeã nacional também nas paralimpíadas. O feito rendeu convites para disputarem novos títulos em Malta e na Índia.

 

Visita à Diretoria Regional de Educação

Ainda na segunda-feira, a secretária Adriana visitou a sede da Diretoria Regional de Educação (DRE) de Porto Nacional para um bate-papo com servidores e diretores de escolas. Ela ouviu demandas e sugestões ligadas à promoção da educação de qualidade na rede estadual.

A titular da Seduc enfatizou o empenho do governo para dar as condições necessárias para que o ensino seja de qualidade. “Mesmo com esse curto período de tempo que temos, elegemos como prioridade as ações para garantir que os recursos cheguem às escolas. Todos os esforços estão concentrados para manter a regularidade de repasses indispensáveis, como alimentação e transporte escolar, além dos recursos de gestão das escolas. Eu foi diretora de uma mesma escola por dez anos e sei bem como isso é fundamental para o correto andamento da escola e para a aprendizagem adequada”, ponderou.