Dianópolis, TO - 17 Outubro, 2017

Estado

Kátia Abreu busca apoio de sindicatos para resolver problemas na saúde pública do Estado

A senadora Kátia Abreu (PMDB/TO) se reuniu nessa segunda-feira, 2,  com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde (Sintras) e a presidente do Sindicato dos Médicos do Tocantins (Simed-TO), respectivamente Manoel Pereira de Miranda e Janice Painkow. O encontro foi realizado em Palmas e teve como objetivo a busca de apoio de ambos os sindicatos para que sejam encontradas soluções que garantam a retomada das obras do Hospital Geral de Gurupi (HGG), paralisadas desde agosto do ano passado.

 

Kátia Abreu pediu apoio para que sejam acionadas as instituições de fiscalização e controle, como o Ministério Público Estadual (MPE), Ministério Público Federal (MPF), Tribunal de Contas da União (TCU) a fim de que se encontrem mecanismos que obriguem a conclusão das obras.

 

Hospital de Araguaína

Kátia Abreu também propôs e pediu o apoio dos dois dirigentes para fomentar um debate junto às instituições da sociedade civil organizada de Araguaína, a exemplo da Associação Comercial e Industrial local, além da Câmara de Vereadores, MPE, dentre outros, visando encontrar uma solução provisória para os problemas do Hospital Geral de Araguaína, até que a nova estrutura fique pronta.

 

“Não dá para esperar uma solução de um próximo Governo em 2019.  A população exige e precisa de uma resposta imediata”, disse enfática.

 

A senadora foi taxativa ainda ao reafirmar que a “má gestão da saúde pública estadual é visível”, e defendeu medidas que pressionem o Governo do Estado a adotar um plano emergencial para o Hospital de Araguaína.

 

“Os pacientes não podem ficar dias em macas pelos corredores à espera de atendimento. Na visita que fiz ao Hospital de Araguaína, no mês passado, presenciei uma idosa de 70 anos caindo da maca enquanto aguardava atendimento no corretor. Essa situação não pode continuar. Precisamos de soluções urgentes”, cobra Kátia Abreu.