Sábado, 23 Jun 2018 -

Estado

Mauro Carlesse assume interinamente Governo do Tocantins nesta terça-feira

  

Mauro Carlesse afirmou que quer inaugurar um Tocantins de amor ao próximo, respeito às diferenças e integração dos municípios

 

 

O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins AL/TO, Mauro Carlesse, assumiu interinamente o Governo do Estado nesta terça-feira, 27, após ser comunicado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da vacância do cargo, que era ocupado por Marcelo Miranda e sua vice, Claudia Lelis, cassados na última quinta-feira, 22, pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por arrecadação ilícita de recursos para a campanha de governador em 2014.

 

A solenidade na AL/TO iniciou com sessão aberta pelo então presidente da Casa de Leis, Mauro Carlesse, que passou a palavra para o deputado estadual Jorge Frederico ler o ofício enviado pelo TRE comunicando a vacância dos dois principais cargos do Executivo estadual. Após a leitura do documento, Mauro Carlesse convocou sessão solene para a transmissão do cargo de Presidente da AL/TO e para posse do novo governador interino do Tocantins.

 

Depois de um intervalo de 40 minutos, Mauro Carlesse retornou ao plenário da AL/TO para iniciar os protocolos de posse. Na ocasião, foi acompanhado na mesa de honra pela então vice-presidente da Casa de Leis, deputada estadual Luana Ribeiro, e também do presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargador Eurípedes Lamounier; do procurador-geral de Justiça do Tocantins, Clenan Renaut; do defensor público-geral, Murilo Costa; do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Manoel Pires; do vice-presidente da Câmara Municipal de Palmas, vereador Léo Barbosa; e dos parlamentares estaduais Jorge Frederico e Nilton Franco, 1º secretário e 2º secretário da AL/TO, respectivamente.

 

Transferência da Presidência da AL

 

Após abertura da sessão com o hino nacional, Mauro Carlesse transferiu interinamente o cargo de Presidente da AL/TO à deputada Luana Ribeiro, que prometeu perante seus pares e os presentes cumprir a Constituição Federal e Estadual, além do Regimento Interno da Casa de Leis.

 

Em seguida, já como nova presidente interina, Luana Ribeiro convidou Mauro Carlesse para fazer juramento como novo governador Interino do Tocantins.

 

Mauro Carlesse se emociona ao assumir Governo

 

Após a leitura do juramento, o 1º secretário da AL/TO, Jorge Frederico, fez a leitura do termo de posse. Então, a presidente da Casa, Luana Ribeiro, convidou Mauro Carlesse para assinar o termo de posse pelo prazo legal.

 

Em discurso, já empossado como governador interino do Tocantins, Mauro Carlesse se emocionou ao relembrar sua trajetória humilde. “Eu sempre digo que aprendi na vida que só o trabalho e a dedicação fariam realizar meus sonhos. Aprendi com minha mãe, já que perdi meu pai muito cedo, que a honestidade está acima de tudo. Infelizmente, não tive como continuar meus estudos, pois tinha que trabalhar para sobreviver e ajudar minha família”, contou.

 

De acordo com o governador interino Mauro Carlesse, as ações positivas em andamento serão mantidas e incrementadas. “Eu quero ser o motor desse novo tempo. O Governo vai chegar aos municípios por meio do municipalismo integrado. Vamos buscar a união de todos, sem olhar para cor partidária, sem politicagem, sem ódio, sem mágoa”, garantiu.

 

Mauro Carlesse finalizou seu discurso afirmando que quer inaugurar um Tocantins de amor ao próximo, respeito às diferenças e integração dos municípios. “Assim como fizemos na Assembleia, o Governo do Estado, a partir de agora, inicia a era do municipalismo. Afinal, é nos municípios que a vida acontece e os problemas devem ser enfrentados. Sejam bem-vindos ao novo Tocantins, onde todos terão voz e vez”, concluiu.

 

Após a sessão solene, Mauro Carlesse seguiu em comitiva para o Palácio Araguaia, sede do Executivo estadual.

 

Biografia

 

Mauro Carlesse nasceu no município de Terra Boa, Paraná, em 25 de junho de 1960. No Tocantins, ocupou-se como empresário e agropecuarista. Iniciou a carreira política ao se filiar ao Partido Verde (PV) em 2011, quando então já exercia a presidência do Sindicato Rural de Gurupi. Foi candidato a prefeito daquela cidade nas eleições de 2012. Em 2013, filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e candidatou-se a deputado estadual em 2014, conquistando uma vaga para a 8ª Legislatura. Atualmente é filiado ao Partido Humanista da Solidariedade (PHS). No dia 08 de julho de 2016 foi eleito presidente da Assembleia Legislativa para o biênio 2017/2019.